Apojadura do Leite- Quando acontece? Dói?

Apojadura- entenda quando ela nos da o ar da graça

Mamys, recebi várias perguntinhas por mensagem a respeito deste período tão sublime da mulher…

Eu também tive várias dúvidas neste processo da apojadura, mas tudo ocorreu certinho graças a Deus.  E para falar com mais detalhes sobre este assunto convidei a Larissa Antoniassi.

A descida do leite ou apojadura

Apojadura do Leite
Apojadura do Leite

Olá mamães é sempre um prazer compartilhar conhecimento com vocês, faço com muito carinho, vamos lá então?

Muitas mamães tem dúvidas  sobre a tal ‘descida do leite’ , então eu fiz um pequeno resumo e tentei utilizar algumas palavras simples pra ficar um pouco mais esclarecido para as mamães de plantão.

Mudanças hormonais

As mudanças hormonais que ocorrem durante a gravidez começam a preparar a mama para a amamentação.

É durante a gestação que ela adquire a capacidade de produzir leite, uma fase que chamamos de Lactogênese I.

Nesse período o nível de prolactina (hormônio que estimula a produção de leite), está muito alto, porém a saída do leite é inibida pela progesterona.

Grande produção de leite

Após o parto, com a saída da placenta, ocorre uma queda brusca nos níveis de progesterona e estrogênio, iniciando uma fase chamada de Lactogênese II, que é reconhecida pela grande produção de leite.

Esse rápido aumento no volume de leite é percebido pelas mulheres como a ‘descida do leite’ ou apojadura que acontece entre 36 e 120 horas após o parto.

O milagre da produção do leite

A produção e a saída do leite é uma resposta a sucção da mama, pois determinam a liberação da prolactina (responsável pela produção do leite) e ocitocina (também conhecido como hormônio do amor), então a maior parte do leite é produzido durante a mamada, enquanto o bebê suga.

Reflexo

O reflexo da produção de leite ou da prolactina, depende da sucção da mama, os níveis de prolactina são maiores durante a noite (momento em que a mãe está mais relaxada).

A ocitocina é responsável pela saída do leite, a liberação da ocitocina ocorre com a estimulação do mamilo, assim como também ao choro, cheiro ou pensamento sobre o bebê, e é inibido com o estresse, ansiedade dor e falta de confiança.

O que aprendemos com isso?

apojadura
apojadura

A amamentação é um momento muito especial, e esses primeiros dias onde ocorre a descida do leite. É um momento de dificuldade, tensão, e vontade de amamentar mesmo em meio as dores e incertezas.

Com explicação vimos que quanto mais estressada e pouco confiante estivermos menos ocitocina (hormônio do prazer) iremos liberar, e a prolactina só é liberada quando estamos relaxadas).

Faça desse momento um momento especial, calmo, entre você e o seu bebê, escolha um lugar confortável, tranquilo. Separe um copo de suco ou água, e se precisar de ajuda escolha uma pessoa de confiança e que te transmita paz.

Um beijo meninas e espero ter ajudado vocês! <3

 

Fonte: SANTIAGO, Luciano Borges. Manual de Aleitamento Materno. Departamento Científico de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria. Editora Manole, 1ª Ed, 2013.

 

Larissa Antoniassi

Larissa Antoniassi

Sou enfermeira pela faculdade de enfermagem da PUC Campinas e especialista em UTI Neonatal.

Comentários no Facebook