Desmame gentil, saiba como ele pode acontecer!

Desmame gentil x tetê nosso de cada dia <3

Ah o tetê nosso de cada dia! O tetê que resolve fome, dor, saudade, sono, carinho e amor!

Já falei  aqui no blog sobre ele, como é importante e se você está nesta etapa(amamentação) e passa por algumas dificuldades vale a pena ler aqui .

Mas hoje o nosso assunto é sobre  como fazer o desmame, um assunto bem delicado e para algumas mamães um momento doloroso! Eu mesma, quando passei por este processo com o tigrinho senti muita falta. Amamentar é um elo muito forte!

Cada uma de nós tem suas dificuldades e desafios, então não cabe a nos julgar! E sim compartilhar experiências reais, pois elas nos auxiliam.

O desmame conduzido de forma gentil

desmame gentil
desmame gentil

Como disse a amamentação cria um elo muito forte, por “n” coisas envolvidas no processo! Então o desmame gentil é uma excelente opção para as mamães que tem persistência e paciência!rs Acho que no fundo todas nós temos! É muito amor envolvido!

Conduzindo de forma gentil, você vai ter a oportunidade de direcionar o desmame do seu filhote sem imposições, mas no momento em que você perceber que ele e você estão preparados para esta mudança.

Então separei algumas algumas dicas para te ajudar no desmame :

  1. Não vale mentirinhas;
  2. Você não vai poder ser agressiva nas estratégias, vai precisar esperar e ter compreensão;
  3. Você não pode brigar, viajar simplesmente para que ele seja obrigado a passar por este processo;
  4. Vai ter vezes que ele vai chorar e você vai precisar ceder, de forma reduzida, mas vai;
  5. Apesar de ser gentil, existe o momento de protestos deles, então a sabedoria deve reger a melodia;
  6. A ajuda do pai ou de pessoas importantes para vocês dois, vai ajudar no processo;
  7. Não passe nada em seu peito;
  8. Não ofereça o peito para o seu filhote espere ele pedir, se ele não pedir deixe passar batido;
  9. Evite frequentar lugares de amamentação;
  10. Ocupe o filhote com distrações;
  11. Diminua o tempo da mamada, você vai perceber que ele mama por hábito e não fome! Pois ele já se alimenta com comidinhas, frutinhas, lanchinhos e etc.

O desmame gentil leva como ponto essencial o tempo da criança, onde a amamentação não é fonte exclusiva de alimentação, o tempo ideal para o desmame gentil é a partir dos 2 anos. Tempo de amamentação , indicado pela Orientação da Organização Mundial de Saúde .

Vale ressaltar que a partir do 6 mês de idade todas as crianças devem receber alimentos complementares (sopas, papas, etc.), ou seja a amamentação deixa de ser exclusiva conforme  Sociedade Brasileira de pediatria .

Mais detalhes sobre o desmame gentil

Achei super explicadinho a entrevista da Giovanna Balogh do Blog Mães de Peito e por isso vou compartilhar com vocês, o vídeo irá complementar 11 dicas acima.

 

E quando o desmame ocorre antes dos 2 anos?

Sim,  pode acontecer antes dos 2 anos, aqui em casa foi assim! Passei pelo desmame precoce… Eu fiquei me sentindo culpada, amava amamentar! Mas ele não queria mais…

Conversei com a pediatra dele, fizemos de tudo, mas o Biel mamava só um pouquinho, parecia que era só por me amar 🙁 .

Superei este desmame precoce, me livrando de toda culpa e partimos para o Mamá (mamadeira). E confesso eu sofri mais que ele, não por dor física, pois meu leite secou sozinho e sem stress, mas por amar amamentar!

Acho que várias mamães passam por isso também! E hoje a mamãe e Blogueira Michele Campos, veio compartilhar também as sus experiências.

O desmame precoce

desmame gentil
desmame gentil

Olá mamys, é um prazer compartilhar experiências com vocês e hoje vim contar o que aconteceu comigo e com o Rick, como foi o processo de desmame.

Aos 7 meses ele passou a mamar muito mal no peito, mamava um tiquinho de nada e já largava, então dali 15 minutos reclamava de fome novamente, de repente estava me vendo dando peito pra ele o tempo todo. No entanto, com a mamadeira a história era diferente, ele mamava 120ml rapidinho e de uma vez, e ai sentia fome depois de duas horas, raras exceções depois de uma hora e meia.

Pensei na possibilidade de intercalar e até fiz o teste, mais não rolou, realmente ele tinha perdido o interesse.

Era hora de desmamar, não tinha jeito.

Como ele tinha 8 meses e 13 dias quando decidi desmamar já bebia sucos e comia frutas e comidas salgadas, mais não nego que fiquei de coração partido. Amamentar era incrível pra mim, mais por outro lado estava feliz porque sabia que ele não ia sofrer nada nessa mudança, afinal de contas, ja comia super bem, e amava mamar na mamadeira.

Gente, quando chegou a hora ja tinha pesquisado sobre o que fazer, perguntando pra varias meninas que ja tinham passado por isso, e eu ouvi MUITA coisa diferente, muitas opiniões mesmo, e sinceramente? Isso mais me atrapalhou do que ajudou.

“Pareceu um bixo de 7 cabeças quando na verdade era um processo simples, mais simples do que eu imaginava!”

Minha ginecologista me indicou o remédio dostinex (caro pra caramba com 2 mini comprimidinhos que ela disse que eu podia tomar de uma vez) Não adiantou nada pra mim.

Jogar o leite em asfalto quente, e em formigueiro? Piorou! (kkkk olha o que o desespero faz com a pessoa, até isso testei tamanho era meu desespero em secar logo o leite).Só o que me faltou foi tomar chá disso e daquilo outro (ainda bem que não tomei).

“Eu só precisava de uma bombinha e uma faixa pra enfaixar o peito. Sério, só isso.”

desmame gentil
desmame gentil

Muitas pessoas dizem que de maneira alguma se deve usar bombinha nesse processo pra não estimular a produção de mais leite e isso é verdade, mais no primeiro e segundo dia você pode usar sim, e isso não vai atrapalhar do leite secar não.

Quer que o seu leite seque? Enfaixe o peito bem firme. No primeiro e segundo dia eu precisei de ajuda, como disse anteriormente meu bebê tinha 8 mesês e gente dói demais os 3 primeiros dias e pegar ele no colo era um terror.
Ah! E isso porque um peito secou sozinho sem nenhuma dor. Ou seja, meu processo foi pra secar apenas 1, então eu conseguia segurar ele do lado do peito que ja não tinha leite, mais ainda sim judiava demais, quem já passou por isso sabe o quanto dói.

Você vai precisar contar com a ajuda de pessoas que se importam com você

Eu contei com a ajuda da minha mãe e minha sogra, porque eu também precisava de um tempinho pra fazer compressas geladas no seios. Especialmente nos primeiros dois dias quando você tirar leite com a bombinha, logo em seguida precisa fazer a compressa gelada. Isso ajuda e alivia demais!

A compressa gelada contrai os vasos sanguíneos e ductos mamários e isso ajuda a diminuir a produção de leite, afinal de contas, nosso corpo armazena apenas 20% de leite.

Os outros 80% são produzidos enquanto o bebê esta mamando, ou seja, nosso corpo não armazena leite, ele produz conforme a necessidade dos nossos bebês.

Então eu ficava com a faixa o tempo inteiro, tirava apenas pra tomar banho, assim que saia já colocava de volta, até porque aliviava muito a dor. E quando eu sentia muito dor, colocava a bombinha pra aliviar um pouco.

Eu tinha muito leite

Meu peito tinha tanto leite que eu nem precisava apertar a bombinha, simplesmente eu colocava ela e o leite esguichava sozinho, eu só esperava aliviar.

Em seguida pegava uma fraldinha de pano do meu bebê, coloca algumas pedrinhas de gelo e colocava no meu peito, o alivio era instantâneo.

Depois do segundo dia eu não senti mais a necessidade de tirar o leite, pois a dor diminui naturalmente, é um processo natural gente, meu corpo ja estava entendendo que a necessidade de produção de leite tinha diminuído.

“Eu não tirava o excesso de leite mais do que 2 vezes no dia e fazia compressa gelada umas 3 a 4 vezes no máximo nos 3 primeiros dias apenas!”

Eu tive dor

No primeiro e segundo dia dormi sentada porque realmente o peito estava tão dolorido que o esforço de levantar fazia doer demais, então eu dormia sentada.

No terceiro dia já conseguia deitar de lado, e quando completou 5 dias já dormia até debruço, com uma semana certinha, eu já podia tirar a faixa! Um alivio! Ufa!

Cada uma passa por um processo

Tem mulher que funciona o leite secar apenas com o remédio? tem. Tem mulher que o leite seca simplesmente sozinho, sem esforço algum? tem. Tem mulher que jogou o leite no asfalto quente e formigueiro e o leite secou mesmo? tem. Tem mulher que tomou uns chás meio louco e ajudou o leite a secar? tem.

Mais comigo não funcionou e esse processo que compartilhei com vocês acredito que pode funcionar com todas as mulheres.

Porque é um processo natural que apenas nos ajuda a sobreviver “bem” , até que o que o  nosso corpo entenda que não precisamos mais produzir leite.

Como foi ou esta sendo sua experiência? Compartilha com a gente 🙂
Beijo e boa sorte!

Michele Campos

Michele Campos

Tenho 27 anos, sou casada e mãe do Ricardo, amo compartilhar muitas coisas, mais falar sobre maternidade tem sido essencial, afinal, que universo incrível é esse não é mesmo?

Comentários no Facebook