Como cuidar das crianças em casa: 4 dicas essenciais

Nessa pandemia do novo coronavírus, muitos papais e mamães estão aprendendo que não sabiam como cuidar das crianças em casa como achavam que sabiam. E isso é normal. De verdade, não precisa ficar se sentindo mal caso tenha percebido isso. Afinal de contas, estamos em uma situação fora do comum, para a qual nenhum de nós foi treinado. Basta olhar para a sua infância: quantas vezes você ficou tanto tempo em casa com os seus pais? Provavelmente nunca, já que nunca tivemos uma pandemia dessas antes.

Ficar meses e meses dentro de casa, com apenas algumas poucas saídas, tendo aula pela Internet e com restrições de todas as formas (precisa usar máscaras, álcool gel, não pode ver os amiguinhos, não pode ver o vovô e a vovó) pode ser muito difícil. Some isso com precisar cuidar da casa, dos compromissos do trabalho no home office e fica realmente difícil lidar com toda a demanda. Para completar, ninguém foi treinado ou educado para uma situação assim, especialmente uma tão longa, já que estipula-se que ficaremos em quarentena até 2022.

E aí, quer ver algumas dicas de como cuidar das crianças em casa com mais facilidade? Então siga a leitura do artigo abaixo!

4 dicas de como cuidar das crianças em casa

1. Use e abuse da tecnologia

A tecnologia pode ser uma das maiores aliadas para os papais e para as mamães com filhos em casa. E não estamos falando apenas da TV, do videogame ou da Galinha Pintadinha na Netflix não. Tem muito mais que pode ser melhorado ou otimizado com a tecnologia.

Para começo de conversa, as ligações via Skype ou WhatsApp ajudam as crianças a entender melhor a situação da pandemia e matar as saudades dos amiguinhos ou da família. Nas festinhas de aniversário, dá para ter todo mundo ali virtualmente. Não é a mesma coisa, claro, mas é um gesto de carinho para poder passar o dia com um pouco mais de amor.

Além disso, a tecnologia pode ajudar a solucionar problemas. Precisa fazer o jantar, mas a situação está complicada? Pede uma comida no iFood ou outro aplicativo do tipo. A criança cresceu e algumas peças de roupa não servem mais nela? Compre novas em um site de roupa infantil.

Enfim, existem várias formas da tecnologia ser um apoio importante nesse momento. Pense em qual é o problema que você enfrenta agora e pesquise como a tecnologia pode ajudar a solucionar essa questão.

2. Estipule horários

Um dos maiores problemas em um cenário de isolamento social em casa é perder o ritmo do dia e da noite. Afinal, como estamos em casa mesmo, principalmente no home office, é normal acabar indo dormir mais tarde, acordar depois das 9h, depois após as 10h e, quando vamos ver, trocamos a rotina e fica tudo uma bagunça.

No entanto, isso não é bom para as crianças. Aliás, elas não devem sentir como se as coisas tivessem mudado tanto assim. É importante manter a mesma rotina pré-pandemia para ter os melhores resultados possíveis.

Por exemplo, se a criança estava acostumada a ir para a escola de manhã, então é importante acordá-la nesse horário, colocá-la na frente do notebook ou celular para ver as aulas online, fazer os exercícios e por aí vai.

3. Tenha uma rotina saudável

Ficar em casa de isolamento social não é fácil e pode ser muito danoso para a nossa saúde. Afinal, é mais fácil comer bobagem, a ansiedade ataca mais, a falta de exercícios complica.

Por isso, é importante manter uma rotina saudável dentro de casa para não ter problemas do tipo. Isso inclui colocar as crianças para seguir os passos também.

Portanto, tenha atenção com a alimentação dos mais novos, coloque-os para fazer alguns exercícios físicos, limite o horário da TV (e evite deixar que eles assistam TV ou joguem muito videogame durante a noite).

4. Não tenha medo de bagunça

Muitos pais acreditam que precisam ter uma postura de “general” da casa. É aquela velha frase, que todo mundo já deve ter ouvido: “Não estou aqui para ser seu amigo, mas seu pai/sua mãe”.

No entanto, não é bem assim, não é mesmo? É essencial ter uma relação de carinho com os filhos, especialmente em um momento desses, em que a ansiedade, a depressão e outros problemas apertam mais. Até as crianças são alvo disso.

Portanto, não tenha medo de se sujar, de bagunçar com as crianças e brincar com elas. Claro, mantenha a autoridade de pai e mãe, mas não tema se aproximar e passar por alguns momentos felizes brincando com seus filhos.

Saber como cuidar das crianças em casa não é tarefa fácil, especialmente não por tanto tempo assim. Não é comum dentro da nossa organização de sociedade ficar tanto tempo dentro de casa com os filhos. Muitas pessoas estão trabalhando em casa, cuidando da casa, com os filhos estudando em casa, tudo por meses e meses sem intervalo. É muito difícil lidar com uma pressão dessas. No entanto, essas dicas podem ajudar a organizar melhor a situação.

E aí, gostou do conteúdo? Então comente abaixo com a sua opinião!

22 de abril de 2021

Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Valéria Queiroz

    Valéria Queiroz
  • Posts Populares

    • E aí, quer receber nossas novidades? ❤️

      Psiu! Receba dicas exclusivas no seu e-mail!

      Preencha abaixo seu e-mail e nós vamos enviar os melhores conteúdos e exclusividades para você!