Cuidados na saúde infantil: saiba o que levar em conta

Recentemente, no dia 21 de março, foi o Dia Mundial da Infância, uma data focada na promoção e adoção de práticas para melhorar a qualidade de vida dos mais novos pelo mundo inteiro. Essa é, também, uma data muito interessante para compartilhar alguns dos principais cuidados na saúde infantil para papais, mamães e toda a família que tem crianças ao redor atualmente. Afinal de contas, cuidar da saúde das crianças é essencial para a qualidade de vida delas.

Muito se engana, no entanto, quem pensa que cuidados na saúde infantil se resumem a ir ao médico de vez em quando. Na verdade, não é bem assim. Os cuidados são essenciais no dia a dia e vão desde coisas básicas até elementos importantes. Muitas das coisas, aliás, são negligenciadas pela maioria dos papais e mamães. É por isso que é tão importante compartilhar esse tipo de informação.

E aí, quer conhecer alguns dos mais importantes cuidados na saúde infantil? Então siga a leitura do artigo abaixo!

5 cuidados na saúde infantil

1. Use as roupas certas

Muitos pais não prestam atenção aos cuidados com a saúde dos filhos relacionados ao uso de determinados tipos de roupas da moda infantil. Afinal de contas, a maior parte deles escolhe as roupas e conjuntos que os filhos usam com base apenas na beleza e estética e não nos efeitos que elas causam nas crianças.

Todo mundo sabe que a pele dos bebês é muito mais sensível e propensa a problemas do que a dos adultos, mais grossa e resistente. Em muitos casos, portanto, a pele pode causar alergias e outros problemas nas crianças caso entre em contato com tecidos sintéticos.

Infelizmente, os tecidos sintéticos são muito usados em roupas bonitas e que esticam, as preferidas dos pais. A consequência é ter a pele do bebê cheia de arranhões e alergias.

Outro problema está no suor da criança. Se ela não tiver espaço para poder transpirar e evaporar o suor, ela pode manter essas impurezas presas e causar problemas depois. Roupas de algodão não só dão o espaço para transpiração, como ainda absorvem o suor posteriormente.

2. Atenção com a alimentação

A alimentação infantil é um dos grandes focos de preocupação em relação à saúde das crianças. Hoje em dia, 15% das crianças sofrem com obesidade, parte disso ocasionada por causa de uma má alimentação dos pais.

O ideal é começar a inserir uma grande variedade de legumes, frutas e verduras desde cedo. É claro que o paladar infantil das crianças é um obstáculo criado pela natureza para ajudar a mantê-las vivas há milhões de anos, mas é importante acostumá-las desde cedo com o gosto do brócolis, gengibre e outros itens de gosto não tão bom, mas de muitos nutrientes.

Além disso, é importante evitar certas comidas que são favoritas dos mais jovens, mas que não são positivas, como chiclete, balas, doces em geral, refrigerantes e muito mais.

3. Estimule a atividade física

Não são todas as crianças que praticam atividades físicas na infância, mas todas deveriam. Em primeiro lugar, a prática de um esporte ou brincadeira física é essencial para o desenvolvimento motor das crianças. Basta ver como os meninos tendem a ter melhor desenvolvimento motor do que as meninas na adolescência, já que são socialmente mais estimulados a correr e praticar esportes. No entanto, todas as crianças deveriam ser muito estimuladas a isso.

Em primeiro lugar, praticar atividade física desde cedo ajuda a criança a desenvolver o hábito de estar sempre ativa. No longo prazo, isso poupa várias doenças e garante uma qualidade de vida melhor.

Além disso, a atividade física promove a socialização e o pensamento lógico (no caso de prática de esportes), o que é essencial para o bem estar emocional e intelectual das crianças.

4. Crie hábitos de higiene

Muitas das doenças que temos hoje em dia podem ser evitadas com uma dose extra de higiene. Por exemplo, o simples fato de lavar as mãos antes de cada refeição ou quando chegar em casa pode ser vital para prevenir uma gripe ou outros problemas.

Por isso, estimule a criação de hábitos de higiene na criança, como tomar banho todos os dias, lavar as mãos com frequência e escovar os dentes após cada refeição.

5. Foque no calendário de vacinação

Por fim, não esqueça de acompanhar o calendário de vacinação do Ministério da Saúde. Desde o seu nascimento até mais ou menos os 15 anos, a criança precisa tomar vacinas praticamente todos os anos. O ideal é mantê-la imunizada contra grande parte das doenças conhecidas, o que melhora muito a sua qualidade de vida.

Pronto! Esses são os principais cuidados na saúde infantil para se ter em mente. É claro que não são todos, também podemos citar nessa lista a ida frequente aos médicos e os cuidados essenciais com a saúde mental, tão comumente negligenciada. Todos esses pontos devem ser considerados na hora de cuidar de uma criança e garantir que o crescimento dela seja saudável.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe o artigo nas suas redes sociais!

7 de abril de 2021

Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Valéria Queiroz

    Valéria Queiroz
  • Posts Populares

    • E aí, quer receber nossas novidades? ❤️

      Psiu! Receba dicas exclusivas no seu e-mail!

      Preencha abaixo seu e-mail e nós vamos enviar os melhores conteúdos e exclusividades para você!