Mãe e empreendedora: é possível? 7 dicas para se tornar uma mulher de sucesso

mãe e empreendedora

Ser uma mãe empreendedora é realmente uma tarefa complicada, ainda mais se você for escolher uma área dominada por homens.

A disparidade salarial continua sendo uma realidade e muitas mulheres em grandes cargos seguem ganhando menos do que seus colegas homens.

No entanto, ser uma mãe empreendedora também demanda superar essas dificuldades e transformar a sua renda e o seu sucesso no que desejar.

Assim, mesmo sendo um ambiente desafiador, muitas mulheres cresceram e seguem crescendo com seus empreendimentos.

É claro que é uma jornada longa, mas vamos dar as principais dicas para conseguir o sucesso no seu novo empreendimento como mãe:

Dicas para equilibrar a vida de mãe e empreendedora com sucesso

1 – Equilíbrio entre vida profissional e pessoal

Um dos desafios de ser uma mãe empreendedora é que para conquistar o sucesso, muitas acabam achando que precisam sacrificar a sua família e vida privada.

Na verdade, as mães que trabalham são um dos principais pilares do mundo empresarial, por isso, cada vez há mais espaço para empreender e ter uma flexibilidade maior com as crianças.

Administrar um negócio online diretamente de casa tem sido uma tendência bem popular para as mulheres.

É claro que não é tão fácil se concentrar no trabalho estando com as crianças, mas basta ter vontade e resistência mental para seguir aprimorando no aspecto familiar e profissional.

2 – Saiba procurar ajuda

Um ponto muito importante e que deve ser entendido é que você não precisa suportar tudo sozinha. Por mais autossuficiente que seja, fazer tudo sozinha não é possível.

Até pode conseguir fazer tudo sozinha, mas certamente, em algum lado as coisas desmoronam. Por isso, procure ajuda!

Tenha uma assistente para que possa compartilhar algumas atividades administrativas, seja virtual ou não.

Considere também procurar por ajuda com outras empreendedoras que são mães para saber como foi a jornada, buscando uma espécie de consultoria.

3 – Escolha o segmento corretamente

Um dos primeiros passos para começar a empreender é saber exatamente que tipo de empreendimento quer lançar.

Escolher um segmento pode ser uma tarefa difícil, mas trabalhar com o que você gosta é a chave do sucesso.

Por isso, busque por assuntos que façam sentido para você, mas também que faça sentido para o seu bolso.

Muitas mães acabam errando no nicho de mercado, escolhendo uma atividade que não gostam e não sentem prazer em fazer.

Para acertar, é importante saber do que você gosta. Se gosta de internet, facilmente pode ganhar dinheiro fazendo vídeos para redes sociais ou criando sites como uma profissional de web designer.

4 – Ajude outras mulheres

Depois de entender que empreender não deve ser um caminho realizado sozinho, a sua tarefa é também ajudar outras mulheres, principalmente mães.

Pense em todas as mulheres que você admirou e que a encorajaram na decisão de abrir um negócio próprio. Lembre-se também no que é necessário para alcançar esse mesmo nível de sucesso.

Um passo para entender melhor as suas habilidades é ajudando outras mulheres que querem começar a empreender.

Passar o seu conhecimento adiante também é uma forma de fortalecer o que você já sabe, além de contribuir com a vida de outra mulher que passou pelas mesmas dificuldades que você.

E com isso, você vai estar formando uma rede de ajuda, contatos que podem oferecer ajuda em momentos de dificuldade.

5 – Sua saúde é importante

Outro ponto fundamental de se ter em mente é que você deve cuidar também da sua saúde, tanto mental quanto física.

Todos os dias e por meses, anos, você deve manter esses cuidados. Caso seja difícil pensar em longo prazo, saiba que isso é um problema.

É claro que é importante amar o seu trabalho, principalmente para quem está começando. Mas muitas vezes, começar a empreender demanda um desgaste muito grande.

Todo esse esforço investido pode parecer muito cansativo e é aí que entram os cuidados com a sua saúde.

Por isso, busque uma atividade física que possa ser encaixada na sua rotina e que tenha o foco em apenas te manter em uma vida ativa.

Tratar a sua saúde mental também faz a diferença na hora de levantar a sua autoestima e confiança para seguir empreendendo mesmo com dificuldades.

6 – Continue aprendendo

A melhor parte de estar online e na era da informação, é que existe muito conhecimento disponível, seja através de cursos, lives e materiais para pesquisar sobre o que precisar.

Ou seja, não tem desculpa para não ter o conhecimento necessário para alavancar os seus negócios. Seguir aprendendo e expandindo seus conhecimentos é fundamental.

Uma maneira de conseguir isso é organizando uma rotina matinal, passando a primeira parte do dia com exercícios, uma reflexão sobre os seus objetivos e depois em busca de uma nova habilidade.

Esses novos conhecimentos não precisam ser necessariamente relacionados ao seu empreendimento, mas tem que ser algo que acrescente na sua vida e que valha a pena.

7 – Evite pessoas negativas

Na hora de empreender, muitas mães podem ter dificuldade de encontrar aquelas pessoas que dão apoio e muitas tem uma visão negativa sobre si mesma.

Em primeiro lugar, vão realmente existir pessoas que não vão apoiar o que você faz, mas o seu foco tem que ser e saber que deve e pode começar um empreendimento.

Há também pessoas que vão querer sabotar os seus negócios, mesmo quando parecem seus aliados e que vão se beneficiar do seu empreendimento.

Se aproximar de pessoas que fazem você crescer e que possam ajudar nessa jornada longa é o caminho para um negócio de sucesso.

Conclusão

As pessoas são diferentes, cada um tem seus objetivos e critérios diferentes. Por isso, você deve descobrir o que é o sucesso para você antes de começar a empreender.

Não se esqueça de que nada é fácil e que uma derrota não é definitiva. Com o tempo, suas metas e objetivos podem mudar também.

É por isso que é importante seguir anotando quais os seus objetivos no momento. Lembre o quão longe você já esteve deles e como correr atrás só te fez crescer moralmente.

 

Leia também: Decoração infantil: como trabalhar o seu negócio nas redes sociais?

23 de fevereiro de 2021

Relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Valéria Queiroz

    Valéria Queiroz
  • Posts Populares

    • E aí, quer receber nossas novidades? ❤️

      Psiu! Receba dicas exclusivas no seu e-mail!

      Preencha abaixo seu e-mail e nós vamos enviar os melhores conteúdos e exclusividades para você!