medo de dormir sozinho

Meu filho não dorme sozinho no quarto: Alguém me ajuda? O que posso fazer?

Meu filho não dorme sozinho no quarto: Quem já passou por isso?

Olá mamys, a situação aqui em casa está  exatamente assim: meu filho não dorme sozinho no quarto! 😲

Meu Biel tem o quarto conjugado ao meu, praticamente o famoso quarto de bebê junto com os pais.

Entretanto, agora ele já está com 3 aninhos e precisa de um espaço só para ele! Ele é apaixonado pelo Mcqueen, portanto quer um quarto temático com uma mini cama.

E cá estou eu, enfrentando este desafio! Vocês já passaram por isso? O que fizeram?

Eu conversei com alguns profissionais e recebi algumas dicas que vou compartilhar com vocês, caso estejam passando pelo mesmo que eu!

Ainda não testei, mas vou colocar em prática e depois conto os resultados.🙌🙌

Criança com medo de dormir sozinha

Meu filho não dorme sozinho no quarto
Meu filho não dorme sozinho no quarto

O que me conformou foi um bate papo que tive com uma amiga psicóloga, onde consegui compreender alguns pontos.

Na verdade, o medo de dormir sozinho, na maioria das vezes, está relacionado com os medos que a criança desenvolve sobre o mundo. Em alguns casos provém do seu imaginário, o que é normal na fase do desenvolvimento e por vezes são medos reais.

As inseguranças que permeiam a nossa vida…

Certamente, nós adultos passamos por várias inseguranças em nossas vidas e elas se manifestam de diversas formas. De maneira idêntica, acontece com os pequenos…

Assim sendo, tudo pode começar com o medo de dormir sozinho, uma vez que sentem-se vulneráveis sem a presença dos pais durante a noite.

E isso é real, o Biel me disse assim:

Mamãe, como que vou dormir sem vocês? Quem vai me proteger à noite?

Por desde pequeno dormir tão pertinho de nós, ele criou este elo de confiança, vinculado à nossa presença.

Enfim, a partir disso, resolvi pesquisar e escrever o post de hoje para ajudar as mamães que estejam passando pelo mesmo que eu! São algumas dicas que testarei aqui em casa e espero que ajude!!!

Vamos as dicas?

O que fazer quando o filho não consegue dormir sozinho?

Meu filho não dorme sozinho no quarto
Meu filho não dorme sozinho no quarto

À noite, o medo vem! O primeiro ponto que citei acima, é porque a criança sente-se desprotegida. Outro ponto é que, quando as luzes se apagam tudo que é palpável e que ele conhece desaparece, dando asas para imaginação da criança.

Vou compartilhar com você as dicas, para testarmos e resolver estas questões. Porém, antes de mais nada, o principal segredo está em ensinar o seu filho a lidar com o medo durante a infância, pois isso é fundamental para prepara-lo para o futuro.

6 dicas para testarmos!

1- O velho e ideal diálogo:

Não critique-o ou chame de medroso, pelo contrário incentive! Converse com o seu filho. Ouça-o e tranquilize-o.

Compreender a origem dos medos das crianças é essencial para podermos ajudar. Avalie o que é realidade e o que é ilusão. Ajude-o a construir a sua auto confiança;

2- Ore com o seu filho:

Em casa, sempre oramos juntos para dormir. E incentivo ele a falar com o papai do céu. Como ele está na fase dos heróis, estou apresentando o Super Jesus e ensinando que Ele é o mais forte dos super heróis e que o protegerá em qualquer momento. E ele com a frequência do ensino, já está começando a ganhar confiança.

3- Criatividade e mães caminham juntas! É momento de colocar em prática:

Transforme o momento do medo, em momento de combate. Isso mesmo! Para combater os medos imaginários, como monstros, extraterrestres e outros seres que, inexplicavelmente, teimam em habitar nos quartos dos nossos filhos, seja criativa.  Algumas mães me contaram que aderiram ao “pulverizador antimonstro” e em casa eu falo que o Super Jesus vem com este pulverizador e o extermina.

4- Não desvalorize o medo do seu filho:

Se ele te conta algum medo é porque confia em você! Os medos de uma criança são reais, ainda que os monstros não sejam. Dizer que ele está mentindo, que é coisa da cabeça dele, só vai confundir e quebrar o elo que existe entre vocês. Entenda-o e o ajude neste momento…

5- Técnica de relaxamento:

Ora, sabemos que a coragem não é ausência do medo, certo? Mas sim, a postura de enfrentá-lo, então motive o seu filho enfrentar o medo.

A técnicas de relaxamento farão que o medo vá embora da mente, como por exemplo treine-o a visualizar uma cena relaxante, como estar na praia, assistir a um pôr do sol ou a observar as estrelas, lembrar-se das coisas boas da vida…

6- Regras e rotinas:

Inegavelmente esta tem sido a tarefa mais difícil em casa. Como sou mãe empreendedora, meus horários são extremamente complicados. Então, geralmente à noite é o tempo que mais curto com ele…

Embora seja meu desafio estou confiante que vou conseguir!  Além do nosso amor incondicional, a coisa mais importante que podemos dar aos nossos filhos, é a disciplina. Estabelecer regras e limites coerentes, que não os sobrecarreguem.

Contudo, seguir rotinas pode fomentar a criação dessa disciplina e este ciclo fará com que a criança se sinta protegida. Reduzindo a ansiedade e proporcionado uma hora de ir para a cama mais tranquila.

Falando em rotina, achei super interessante as dicas da Cris Poli Supernanny, veja:

Neste vídeo ela fala sobre a importância da rotina e como ela facilitará a vida dos pais e das crianças. Principalmente no momento do sono…

Em conclusão…

Estou separando mais dicas, em breve volto para contar como foi o resultado aqui em casa!

Espero ter colaborado!

Ah, já ia me esquecendo, comecei a contar historinhas para o Biel sobre o Super Jesus para ele dormir! E já posso ver um mar azul na minha frente, ele tem se engajado com as historias e parece estar mais seguro! Seguimos o plano 🤣🤣🤣.

Em breve contarei como resolvi por completo este problema: Meu filho não dorme sozinho no quarto. 🙌

Um beijo no ❤️!

Valéria Queiroz

Valéria Queiroz

Mamãe de um menino fofo (Biel), publicitária, diretora comercial da Nairuz, bem humorada, acredita que a família é a base de tudo.Foi fisgada por este universo de amor sem medidas, quando ficou gravidinha, desde então mergulhou na maternidade e ama estar conectada com todos que não conseguem manter os pensamentos longe deste assunto. “O universo mamãe é algo incrível”.

Comentários no Facebook