como se vestir depois da gravidez

Me tornei mãe e não sei mais meu estilo: Não sei você, mas passei por isso!!!

Eu passei por esta fase de “perder o estilo”, não tinha tempo para pensar em mim, aliás minha última preocupação era de como se vestir depois da gravidez. E não se tratava apenas da fase do puerpério

Minha prioridade depois de ser mãe é o meu Biel e para sempre será! Entretanto, notei um conflito nisto, pois havia deixado de “ser eu” e só percebi quando meu marido me disse:

“Acho lindo o amor e zelo que você tem pelo nosso filho, porém você precisa cuidar de você também. Continua sendo linda, mas precisa continuar amando você”!

Confesso, que quando ouvi isso fiquei um pouco chateada no momento e sem perceber, lá estava eu trazendo caraminholas para minha cabeça…

“Será que ele está me achando feia? Será que ele não gosta mais de mim? Será que não percebe que eu estou cansada, poderia ser um pai mais participativo.”

Quando na verdade ele é um pai participativo, tanto que notou, como eu havia esquecido de mim!

Qual era o meu estilo após a gravidez?

Eu realmente tinha perdido meu estilo! Só conseguia ficar de pijama e quando saíamos simplesmente tentava me “arrumar” de forma rápida e prática, sem pensar em mim! Eu precisei de um estalo, para me reencontrar!

Não foi fácil e confesso que ainda estou retomando, trata-se de uma batalha diária, onde conflitamos com nós mesmas…

Veja alguns sinais de que você precisa resgatar a sua essência de mulher:

  1. Você tinha o hábito de ir ao dentista duas vezes ao ano e, depois da chegada do seu bebê, você passou um ano inteiro sem visitar este profissional?
  2. Você tinha o hábito de praticar atividade física pelo menos três vezes por semana antes da maternidade e, depois, você fica 6 meses ou até 1 ano sem se exercitar?
  3. Você sempre gostou de se maquiar e está há meses sem tocar na sua caixa de maquiagem e ao se deparar com seus objetos pessoais, passa um filme saudoso e gostoso em sua mente?
  4. Você não vai mais até o salão?
  5. Até você tem dificuldade de se reconhecer quando passa por um espelho?

Assim que o bebê nasce, é normal para nós, mulheres, nos descuidarmos um pouco, afinal o bebê requer uma dedicação exclusiva, principalmente nos três primeiros meses.  Mas a partir deste período o ideal seria ir retomando os cuidados aos pouco.

Vamos nos amar mais?

Como se vestir depois da gravidez: O estilo vai além da roupa!

Confesso que este é um assunto bem complexo, pois existem diferentes opiniões, o que é absolutamente saudável. Contudo, quando utilizo o termo que nós mães precisamos nos amar mais, me refiro o quão bom é para nós e para as pessoas que estão em nossa volta, quando temos zelo conosco!

Ressalto também, que não tem nenhuma conexão em deixar de amar os filhos, ou que ter filhos é um “fardo pesado”, pelo contrário, tenho em mente que o coração alegre formoseia o rosto!

Cuidar de nós mesmas faz bem para saúde física e emocional e consequentemente, reflete nas pessoas que amamos!

“Ao contrário do que algumas pessoas pensam, maternidade não é sinônimo de se anular para viver em função do bebê. Mães felizes contribuem para o desenvolvimento de filhos felizes. Não adianta querer passar para o seu bebê que você está bem só porque sorri na presença dele, mas chora ao virar de costas. Bebês captam e sentem tudo! Eles são verdadeiras esponjas emocionais” – Psicóloga Aline Lemos.

É uma fase superável

Sim, acredite nisto! É um processo de encontrar o nosso equilíbrio e quando isso ocorrer será excelente em todos os âmbitos.

Conforme o bebê vai crescendo, fica mais fácil sair de casa e os cuidados consigo mesma ir voltando ao normal. Porém, se após um ano que foi o meu caso, você perceber que está deixando de lado a sua aparência, é sinal que após a maternidade você pode ter  esquecido de você.

Claro, é importante respeitar o tempo de cada mulher. Há mães que sentem a necessidade de voltar às suas atividades individuais em menos tempo, já outras querem aproveitar cada minuto ao lado do bebê e preferem esperar. Eu preferi esperar, mas esperei até demais e precisei de ajuda do esposo para me levantar!

“Quando você está em descompasso com seu equilíbrio emocional, a sua respiração, seu batimento cardíaco, a temperatura do corpo, toque e a vibração da sua voz ficam alterados. Os bebês percebem isso muito mais do que você imagina, portanto, peça ajuda! Seja para chorar, rir, ou para alguém cuidar do seu bebê enquanto você faz algo por você. Não sinta culpa! Não se culpe por deixar seu bebê durante 30 minutos para fazer algo por você”- Psicóloga Aline Lemos.

Se você estiver assim, não se desespere! O bom da vida é que sempre há chances para o recomeço e o maternar, desenvolve em nós resiliência, confiança e garra!

E para colaborar com você neste momento, convidei uma consultora de imagem, para compartilhar dicas e experiências, pois ela também é mãe e entende muito bem deste processo!

Sou mãe e tudo mudou!

Me tornei mãe e não sei mais meu estilo

Me tornei mãe e não sei mais meu estilo

Olá, meu nome é Katy Garcia, é um prazer falar deste assunto aqui! Sou Consultora de Imagem e mãe da Clarinha, assim como você que é mãe da Bia, do Jõao, da Clarice…

Minha filha, a Clarinha, já tem 3 aninhos e meu estilo nunca mais foi como antes, mas eu posso garantir, hoje ele está bemmmmm melhor!

Sei bem como se sente!

Se essa frase (Me tornei mãe e não sei mais meu estilo) já passou pela sua cabeça, calma, respira fundo que eu vou te ajudar!
Vou te dar três dicas para ajudar você a dar aquele UP no visual, de forma bem prática!

Eu sei, a gestação mexe com a gente, com nosso sono, humor alimentação e corpo!

Depois da gestação focamos toda nossa energia e amor para o bebê, e nessas horas quem é que vai se preocupar com o estilo, não é mesmo?

O que a gente quer é conforto, o que a gente quer é praticidade e lá se vai o decote, o salto alto, os brincões… e se tudo isso vai embora, como a gente pode pensar em ter estilo? Rsrs…

O que mudou depois de ser mãe

Hoje abandonei os saltos (em quase todas as ocasiões), uso pouca roupa curta, muito mais peças soltas que justas e ainda assim, me sinto linda e estilosa!
Com poucos detalhes você faz uma grande diferença no seu visual e eu vou te contar como!

Dica 1.Use acessórios!

Me tornei mãe e não sei mais meu estilo

Acessório : armazemdaprataoficia / Pauta: Me tornei mãe e não sei mais meu estilo

Mesmo os menores e mais delicados!
Sei que se seu bebê ainda amamenta, fica complicado usar colares longos, então prefira os mais curtos! Mas se ele já é maior, aposte nos longos! Eles trazem um chame essencial para os looks!

Dica 2.Aposte em sobreposições!

Me tornei mãe e não sei mais meu estilo

Gravação para o novo programa da @tvsolcomunidade Memórias e Sabores

Tudo é questão de hábito, mas para mudar você precisa mudar, então comece treinando em casa e logo estará apta a sair para qualquer lugar.

Mas o que é sobreposição?

É toda peça que você pode usar por cima da roupa como um colete, cardigã, blazer, etc!
A sobreposição é uma camada essencial que agrega valor ao seu look e te deixa muito mais estilosa. Invista em texturas que te deixam felizes e não amarradas, ok?

Dica 3.Solte o cabelo! Se precisar, corte o cabelo!

Me tornei mãe e não sei mais meu estilo

Me tornei mãe e não sei mais meu estilo

Olha eu agradeço a Clara por ter nascido e com ela a praticidade ter invadido a cabeleira! Nada é mais prático do que ter um corte de cabelo moderno e fácil de arrumar!
Ninguém merece escovar, fazer chapinha ou ficar o dia todo com o cabelo preso!
Vá até um hair designer de confiança e peça que ele te ajude na escolha de um corte que seja lavou saiu! Desapegue! Você vai me agradecer por isso! CORAGEM!

Em breve volto com mais dicas!
Não estar estilosa daqui pra frente será só uma desculpa!

Vou deixar alguns truques para os dias mais frios!❤️

 

Um beijo pessoal e até breve!❤️